11 tipos de janela de vidro diferentes para inspirar o seu projeto



As janelas de vidro são itens fundamentais em qualquer projeto. É através delas que o ambiente recebe ventilação e iluminação natural. São elementos arquitetônicos que conectam os moradores de uma casa ou edifício com o mundo exterior.

Assim como a arquitetura, as janelas também foram evoluindo conforme o tempo. Hoje, já existem diferentes tipos e variações incríveis.

Porém, qual é o modelo perfeito para o seu projeto? Como escolher a peça que se encaixa perfeitamente?

Nesse conteúdo, você verá 11 tipos diferentes de janelas de vidro para se inspirar em seu projeto.

Janela não é só decorativa

Peça indispensável nos projetos arquitetônicos, as janelas têm grande importância e interferem diretamente na qualidade do ambiente.

Escolher corretamente o modelo, formato e sua aplicação vai refletir no projeto final e na satisfação das pessoas que vão utilizá-las dia a dia.

Por isso, na hora de escolher as janelas de vidro para sua casa ou o projeto de um cliente, leve em consideração algumas características:

  • vista;

  • segurança;

  • iluminação;

  • material;

  • ventilação natural;

  • isolamento acústico e térmico.

O grande obstáculo não é definir quais desses fatores você deve priorizar, mas sim como não deixar nenhum de lado.

11 modelos diferentes de janela de vidro para você se inspirar

As janelas são apontadas como as mais adequadas por arquitetos e engenheiros, pois permitem a entrada de luz natural e ventilação interna.

Para encontrar a peça perfeita para cada ambiente é necessário estudar o espaço e entender que cada tipo de janela possui funções diferentes, isoladamente.

Abaixo citamos os principais tipos de janelas e separamos os ambientes mais adequados para cada uma.

Janela de Correr

A janela de correr é o modelo mais utilizado no mercado.

Esse tipo de janela que desliza na horizontal permite uma abertura rápida e sem a necessidade de muito esforço. Possui, no mínimo, duas folhas e proporciona uma entrada regular de ventilação no ambiente que é instalada.

Trata-se de um modelo contemporâneo, com diversos tamanhos e que garante ampla entrada de luz. É recomendada tanto para ambientes pequenos quanto grandes.

Aplicações mais comuns da janela de correr:

  • quarto;

  • sala de estar e jantar;

  • cozinha;

  • escritórios.

Janela de Abrir

É bem parecida com as portas comuns que encontramos nas residências. Com duas peças, conta com um eixo vertical e abertura para dentro ou para fora.

Esse tipo de janela tradicional oferece bastante ventilação para o ambiente. Por esse motivo, é um modelo muito utilizado em regiões mais quentes, normalmente no quarto e na sala.

Janela Guilhotina

É um tipo de janela considerado antigo. Entretanto, existem novos modelos no mercado que chamam a atenção por oferecer um ambiente bem iluminado com visual mais clássico. 

Esse modelo abre na vertical e possui uma parte fixa no lado superior, enquanto a parte de baixo corre para cima. A peça é sustentada pela pela borboleta – peça de metal na lateral.

Uma das vantagens é o fato de não ocupar espaço, já que sua projeção não é interna nem externa. Além disso, pode proporcionar ventilação tanto na parte superior quanto na inferior.

Janela Projetante

É um tipo de janela que tem sua abertura para o lado externo do ambiente e oferece boa iluminação.

Na maioria das vezes, é fixada na parte de cima. Hoje, no entanto, já há versões com fixação lateral. No mercado é possível encontrar uma enorme variedade de tamanhos e modelos.

O uso desse tipo de janela é comum em escritórios, áreas de serviço, lavanderias e banheiros. Uma das vantagens dessa janela é o fato de ocupar um espaço pequeno na parede.

Janela Pivotante  

Este é um modelo de janela fixada no centro superior, possui dois pivôs um em cima e outro embaixo proporcionando uma abertura de 90 º.

Conhecida no mercado como janela capelinha, é ideal para ser instalada em áreas de uso comum da residência como banheiros, sala de estar e até mesmo em cozinhas e copas de escritórios.

Uma das maiores vantagens desse modelo de janela é o seu movimento giratório, desta forma oferece muita praticidade na hora de realizar a limpeza.

Janela Sanfonada/Camarão

A janela sanfonada possui duas peças articuladas que dobram uma sobre a outra, como se fosse uma sanfona. As peças são integradas a um trilho que permite a janela correr.

Podendo ser dobrada ou aberta por completo, é um modelo que acaba sendo muito utilizado em ambientes espaçosos. Agrega muita elegância e garante ótima iluminação natural ao ambiente.

Uma dos problemas, no entanto, é a necessidade de manutenção mais recorrente que o comum por conta do trilho.

Janela Basculante

Quando falamos em janelas de vidro, esse é sem dúvidas um dos modelos mais comuns do mercado. Possui uma abertura simples que é feita por meio de uma alavanca responsável por abrir as básculas.

Esse tipo pode ter sua fresta regulada. Não precisa necessariamente estar toda aberta para ventilar e iluminar o ambiente.

A janela basculante costuma ser muito usada no banheiro, cozinha e área de serviço.

Janela de tombar  

É um tipo de janela de vidro interessante por ser fixada no meio do batente. Normalmente, tem sua abertura na parte superior e pode ser tanto para dentro quanto para fora, fazendo o movimento de “tombar” que lhe concede o nome.

Vale ressaltar que é possível encontrar no mercado alguns modelos que possuem abertura vertical e horizontal.

É um tipo de janela que oferece muita iluminação para o ambiente e boa ventilação sem o vento direto. Devido ao seu formato é mais indicada para espaços pequenos.

Janela Bay Window

A janela Bay Window – em português significa “janela de sacada”–, não é muito comum no Brasil. É mais vista em residências nos Estados Unidos, por exemplo.

Ela costuma possuir três folhas como se fosse um formato trapezoidal. Uma das suas principais características é o fato de avançar além da parede onde foi instalada, projetando-se para fora.

Esse tipo de janela é mais utilizado em ambientes espaçosos com a necessidade de grande iluminação, como a sala de estar, por exemplo.

Janela claraboia

A claraboia é uma opção para pessoas que buscam uma solução, diferente do comum ou que não podem instalar uma janela em determinado ambiente.

Assim como as janelas comuns, possui a função de permitir a passagem de luz natural para o ambiente interno. Alguns modelos também proporcionam ventilação natural.

Entretanto sua iluminação é constante, o que pode incomodar algumas pessoas. A limpeza também pode representar um grande desafio, dependendo da aplicação.

Janela fixa

Esse modelo de janela não oferece nenhuma abertura. Sua única função é proporcionar a entrada de luz natural no ambiente.

Trata-se de um modelo que agrega muito charme e elegância se for instalado no ambiente adequado. Sala de estar, sala de jantar e escritórios são os locais mais comuns para sua aplicação.

Gostou das ideias? Entre em contato conosco e conheça o melhor tipo de vidro para cada aplicação nas janelas do seu projeto.




Fechar
Fale com um de nossos consultores comerciais

Preencha seus dados abaixo e nossa equipe entrará em contato para entender melhor seu pedido.



Você também pode solicitar um orçamento completo pelo nosso sistema de autoatendimento.